quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

SBT aprova remake de “O Rebu” para a faixa das dez


O SBT confirma que a próxima novela das 22h da emissora, com autoria de George Moura e Sérgio Goldenberg, será um remake de “O Rebu”, novela originalmente escrita por Bráulio Pedroso e exibida entre 21 de outubro de 1974 e 28 de março de 1975, em 115 capítulos. A aprovação vem após análise da sinopse, entregue há dez dias pelo autor.

“Nós pretendemos preservar a estrutura da versão original. Queremos fazer uma novela reverente ao Bráulio Pedroso, mas com uma recriação substancial”, diz Moura. “Será uma novela moderna e menos arriscada que a versão de 1974”, finaliza.

Ousada novela policial, “O Rebu” entrou para história da teledramaturgia brasileira ao situar a trama em apenas 24 horas. Em sua mansão no Alto da Boa Vista, no Rio de Janeiro, o banqueiro Conrad Mahler (Ziembinski) organiza uma festa para recepcionar a princesa italiana Olympia Boncompagni (Marília Branco). Ao amanhecer, os convidados descobrem um cadáver boiando, de bruços, na piscina. Além de desconhecer a identidade do assassino e a razão do crime, o público também não sabia quem tinha sido assassinado. Entre os 24 convidados – todos suspeitos, assim como o próprio anfitrião –, estão Boneco (Lima Duarte), ladrão paulista que encontra o convite da festa durante um assalto e se faz passar por um industrial italiano para roubar o banqueiro; o milionário Braga (José Lewgoy) e sua esposa, Lídia (Arlete Salles); e Laio (Carlos Vereza), industrial autista casado com Maria Helena (Maria Cláudia).

A novela policial apresentou uma narrativa inovadora: seus 115 capítulos transcorrem durante 24 horas, em sequência não cronológica, com a ação se desenrolando em três tempos distintos: as investigações da polícia; flashbacks de eventos ocorridos durante a festa; e acontecimentos relacionados ao passado dos personagens.

A nova versão de “O Rebu” deve estrear em julho de 2019.

Nenhum comentário:

Postar um comentário