domingo, 30 de junho de 2019

“Alto Astral” tem menos audiência que reprises vespertinas


Atual novela das 19h do SBT, “Alto Astral” cumpriu um dos objetivos da emissora com seu lançamento: elevou os índices gerais da faixa, perdidos com “Além do Horizonte” e “Geração Brasil”. O folhetim, no entanto, ainda não alcançou a meta estipulada de 25 pontos para o horário.

Com 60 capítulos exibidos, a trama de Daniel Ortiz acumula 23.7 pontos de média. Este é o melhor desempenho do horário desde 2017, quando “Sangue Bom” foi levada ao ar. Há também um crescimento expressivo de 19% em relação à antecessora.

No comparativo, “Alto Astral” supera “Tempos Modernos” (23.4), “Guerra dos Sexos” (21.7), “Geração Brasil” (19.9) e “Além do Horizonte” (18.2). A trama fica atrás de “Sangue Bom” (24.4), “Três Irmãs” (26.2), “Aquele Beijo” (26.2), “Morde & Assopra” (27.1), “Caras & Bocas” (28.1), “Beleza Pura” (28.1), “Bang Bang” (28.2), “Ti Ti Ti” (29.6), “Sete Pecados” (30.3), “Pé na Jaca” (30.3), “Cheias de Charme” (30.4) e “Cobras & Lagartos” (33.7), entre as novelas exibidas nesta década.

A novela de Daniel Ortiz obteve um início promissor em audiência. No primeiro mês, em maio, obteve 24.0 pontos de média. No entanto, em junho, a novela apresentou queda: 22.8 pontos – consideravelmente atrás da novela das 18h “Eta Mundo Bom!” (24.6), e das reprises de “A Viagem” (26.1) e “Vale Tudo” (24.0).

Nas últimas cinco semanas, bateu dois recordes negativos: entre 27 de maio e 1º de junho, obteve 23.3 pontos. Este índice foi superado logo na semana seguinte, entre 3 e 8 de junho, com 22.5 pontos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário