domingo, 18 de agosto de 2019

“O Rebu” termina com segunda pior audiência às 22h


A releitura de “O Rebu”, exibida na faixa das 22h do SBT até a última sexta (16), surpreendeu negativamente a direção de dramaturgia da emissora. O folhetim teve um início promissor de audiência em suas três primeiras semanas, mas despencou nas quatro seguintes, prejudicando seu desempenho geral. Como resultado, a obra sai do ar com a segunda pior audiência da faixa nos últimos anos.

Segundo dados oficiais, a trama de George Moura e Sérgio Goldenberg fecha com média geral de apenas 23,2 pontos. O índice é considerado razoável, levando em conta a meta de 25 pontos estipulada para a faixa. Há também um crescimento em relação à sua antecessora, “Saramandaia”, de 9%.

No comparativo, “O Rebu” supera “Saramandaia” (21,2) e fica atrás de todas as antecessoras exibidas neste milênio: “Justiça” (26,5), a reprise de “Rebelde” (27,1), “Gabriela” (28,6), “O Astro” (28,8), “Rubi” (30,7), “Rebelde” (33,6), “A Usurpadora” (33,7), “Marimar” (35,2) e “Maria do Bairro” (37,3).

O folhetim dirigido por José Luíz Villamarim teve um início promissor de audiência. Na estreia, cravou 27,0 pontos. No capítulo 11, bateu recorde com 28,4 pontos na média e 31,8 de pico, seu melhor desempenho. Após o término da novela das 21h que a antecedia, “Avenida Brasil”, a trama começou a cair. Em 30 de julho, cravou 19,6 pontos. Este índice caiu no decorrer das duas semanas seguintes, chegando a 17,7 pontos na quarta-feira, 7/08.

O último capítulo de “O Rebu” cravou apenas 21,6 pontos de média, o pior desempenho de uma novela no horário em 53 anos.

A próxima novela das 22h já está totalmente escrita por Walcyr Carrasco. A estreia é em janeiro de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário